• Região: Borba - Alentejo - Portugal
  • Classificação: D.O.C. Alentejo
  • Tipo: Tinto
  • Colheita: 2015
  • Castas: Aragonez, Trincadeira, Castelão e Alicante Bouschet
  • Solos: Argilo-calcários e xistosos

Com uvas das castas mais típicas do Alentejo, produzidas na sub-região de Borba, se elaborou o vinho Rótulo Cortiça, um verdadeiro ex-libris da Adega de Borba. Provenientes de vinhas velhas, as uvas tiveram um rigoroso controlo na evolução da maturação, tendo sido vindimadas em pequenas quantidades. Na Adega após o desengace e esmagamento suave da uva, iniciou-se a fermentação alcoólica que se prolongou por cerca de 10-15 dias com a temperatura controlada a 24ºC, para maior extração dos aromas e sabores frutados da uva. Para aumentar a complexidade polifenólica, os taninos e a estrutura do vinho, este permaneceu em cuba num processo de maceração pós-fermentativa. A fermentação malolática ocorreu posteriormente em recipientes de inox. Para enaltecer e elevar as suas características organoléticas, o vinho estagiou 12 meses em barricas de 3º e 4º ano, de carvalho francês e em tonéis de madeira exótica, findo o qual se seguiu um estágio de 6 meses em garrafa em cave.

Aspecto límpido, cor rubi definida com nuance vermelha. Aroma fino e elegante, sugerindo frutos pretos, compota e chocolate branco. Sabor macio, com ligeira adstringência, equilibrado, notando-se um frutado maduro, taninos suaves mas estruturados, com elegância no final de prova.

Temperatura de 16-17ºC. Em acompanhamento de carnes vermelhas cozinhadas no forno, caça ou doces conventuais. Este vinho pode ser consumido de imediato, de preferência, poderá também deixá-lo estagiar pelo menos 10 anos.

250.000 garrafas

Teor Alcoólico

13,5%Vol

Acidez Total

5,70 g/l

PH

3,50

SO2 Total

< 120 mg/l

Notas adicionais

Contém sulfitos

Caixa de 6 garrafas x 0,75L
Caixas de 12 garrafas x 0,375L

  • Região: Borba - Alentejo - Portugal
  • Classificação: D.O.C. Alentejo
  • Tipo: Tinto - Grande Reserva
  • Colheita: 2013
  • Castas: Trincadeira, Alicante Bouschet
  • Solos: Xisto

A excelente qualidade das uvas da vindima de 2009, permitiu à Adega de Borba, pela segunda vez, produzir uma edição limitada do vinho “Rótulo de Cortiça” com o designativo Grande Reserva. Este vinho foi elaborado a partir de uvas das vinhas mais antigas da região de Borba, com duas das castas mais emblemáticas e representativas da região, a Trincadeira e o Alicante Bouschet, instaladas em solos de xisto.

Vindima manual, uvas desengaçadas e fermentadas com controlo térmico em lagar de inox de pequeno volume com pisa mecânica moderada. Fermentação maloláctica em barricas novas seleccionadas de carvalho francês em ambiente climatizado, ao qual se seguiu um estágio em tonel novo para integração vinho-madeira, de 18 meses. Após uma filtração suave, o vinho foi engarrafado e descansou para afinamento durante 12 meses em cave.

Cor granada com nuance vermelha. Boa intensidade aromática, com destaque a frutos do bosque, chocolate, tabaco e tosta. Sabor macio, com frescura, textura de taninos fortes e untuosos a frutos pretos e especiarias. Final sedoso, prolongado e persistente de grande elegância.

Temperatura de 15-17ºC. Em acompanhamento de pratos elaborados de carne (porco preto, vitela alentejana e caça de pelo), doces. Este vinho pode ser consumido de imediato, de preferência, poderá também deixá-lo estagiar pelo menos 15 anos.

6.500 garrafas

Teor Alcoólico

14,5%Vol

Acidez Total

5,80 g/l

PH

3,50

SO2 Total

< 140 mg/l

Extrato Seco

32,0 g/l

Acidez Volátil

0,70 g/l

Notas adicionais

Contém sulfitos

Caixa de Madeira 3 x 0,75L

  • Região: Borba - Alentejo - Portugal
  • Classificação: D.O.C. Alentejo
  • Tipo: Branco
  • Colheita: 2016
  • Castas: Arinto, Alvarinho e Verdelho
  • Solos: Xisto e Argilo-calcários
 

As castas brancas recentemente introduzidas nos encepamentos da região Alentejo, demonstram neste vinho as suas características enológicas para produção de vinho de qualidade na região de Borba. As uvas provenientes de vinhas com produtividade moderada permitem obter um vinho fresco, equilibrado e com estrutura. A vindima executou-se manualmente e na parte da manhã para que a temperatura da uva à entrada na adega seja óptima. As uvas foram transportadas em pequenas quantidades. Após o esmagamento e desengace total das uvas, procedeu-se a uma ligeira maceração pelicular seguida de prensagem, decantação pelo sistema de frio durante 24 horas e fermentação alcoólica, 30% do vinho em barrica de carvalho francês e americano, com rigoroso controlo de temperatura a 15ºC. Após estágio, estabilização e ligeira filtração, seguiu-se o engarrafamento.

Aspecto cristalino, cor citrina, a limão. Aroma cheio, intenso a frutos tropicais maduros e baunilha. De sabor aveludado, com estrutura e frescura, frutos citrinos e ligeiro mel especiado a predominar. Vinho harmonioso, longo e de grande equilíbrio.

Temperatura de 10-12ºC. Em acompanhamento de peixes gordos no forno e marisco bem condimentado. Este vinho pode ser consumido de imediato, se preferir, poderá também deixá-lo estagiar até 5-6 anos.

2.000 garrafas

Teor Alcoólico

13%Vol

Acidez Total

6,30 g/l

PH

3,25

SO2 Total

< 140 mg/l

Notas adicionais

Contém sulfitos

Caixa de Madeira 3 x 0,75L